NOVOS ARTIGOS ABAIXO
LENDO

BPVE prende traficante Arafat na Avenida Brasil

Finalmente a captura pelo traficante Arafat ou Menino de Ouro chegou ao fim.

Procurado por liderar o tráfico no Complexo da Pedreira (ADA) e patrocinar diversas guerras no Rio de Janeiro, como a invasão da facção ADA em Japeri.

Ele estava num veículo na Avenida Brasil no sentido de Irajá.

Foi abordado por agentes do BPVE e reconhecido como o chefão do tráfico em Costa Barros.

O valor da captura por Arafat era R$ 10.000,00.

Arafat controlava o tráfico nas comunidades do Final, Terra Nostra, Joana D'arc, Eternit, Chaves e comunidades fora do Rio de Janeiro.

Provavelmente o tráfico da facção ADA recebeu uma baixa considerável.


Policia retira barricadas no Morro da Covanca

Hoje os policiais militares deram mais uma atenção contra o tráfico no Morro da Covanca (CV) na Praça Seca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Foram com uma retroescavadeira para retirar todas as barricadas na entrada da comunidade, que é comandada pelo Comando Vermelho.

Operação para reprimir os roubos que são constantes na região, bem como evitar a transição de traficantes entre a Cidade de Deus (CV) e a Covanca (CV), devido as fortes operações que estão acontecendo na comunidade.

Tráfico na Covanca (CV) é considerado importante para a facção do CV, que em união com os comparsas da Barão e Praça Seca, formam o grupo que tentam expandir na Taquara e Praça Seca.


video: facebook.com/jacarepaguanoticiasrj/


Intenso tiroteio toma conta do clima na Favela do Lixão

Hoje o clima esquentou na comunidade do Lixão (CV), em Gramacho, em Duque de Caxias.

Policiais foram na região realizar uma operação policial, mas trombaram com um grupo armado que estava fazendo a segurança do chefe do tráfico na comunidade, o filho do Charles do Lixão (preso).

Um intenso confronto aconteceu na comunidade.

5 envolvidos foram detidos e apreenderam cargas de drogas que estavam sob o porte do grupo.

Houve boatos que o chefe do tráfico estava baleado, mas sem confirmações.


DRFC apreende cargas roubadas no Final Feliz (ADA) da Pavuna

Hoje os agentes da DRFC foram recuperar uma carga roubada no Complexo da Pedreira (ADA) na zona norte do Rio de Janeiro.

Como sempre, recuperaram parte da carga e materiais usados pelos traficantes, que foram encontrados na comunidade do Final Feliz (ADA) na Pavuna, mas popularmente conhecida apenas como "Final", por existir outro Final Feliz, só que localizado em Anchieta e dominado pelo Comando Vermelho.

Mochilas utilitárias, toucas ninjas e carregadores, também foram apreendidos na operação.

Policia suspeita que os assaltantes fazem parte do grupo que está dominando as comunidades de Engenheiro Pedreira em Japeri.

Por lá, o traficante Arafat, chefe do Final Feliz (ADA) da Pavuna, patrocinou os nascidos e criados em Japeri, e acrescentou com reforços do seu grupo.

Dominaram várias comunidades, e restam apenas poucos redutos rivais na região.

foto: odia Online

PM realiza operação matinal na Cidade de Deus e Covanca

O tráfico na Cidade de Deus (CV) em Jacarepaguá, continua sendo o foco das operações policiais, após os bandidos tentarem invadir a Gardênia Azul, e a queda do helicóptero na Cidade de Deus.

Essas operações já ocasionou muitos prejuízos para o tráfico da Cidade de Deus, tanto que alguns chefes já se deslocaram para as comunidades da zona norte, filiadas ao CV.

Ficaram na comunidade apenas os gerentes de ponto e alguns responsáveis, que não possuem o foco nas operações.



Na última prisão de um importante na Cidade de Deus, conseguiram deter o bandido conhecido como Gilsão, que ocupava o cargo de gerente na comunidade.

Gilsão
Estava integrando o tráfico na Cidade de Deus, e acabou sendo preso por causa das constantes operações.

Hoje pela manhã os policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) participam de uma nova operação na Cidade de Deus, e uma conjunta no Morro da Covanca (CV) na Praça Seca.

Clima tenso na região.

Milícia expulsa bandidos do Fumacê

A Milícia continua tentando se expandir em São João de Meriti.

O Alvo agora é o Morro do Fumacê, comandado pela facção do Comando Vermelho.

Uma milícia do bairro da Venda Velha, se cansou de presenciar constantes assaltos na região, principalmente no "pé" das comunidades.

Maioria dos assaltos são oriundos do Morro do Amor, Gonçalves e Fumacê, para sustentar o tráfico de drogas do "Bonde da Parma", que gastou muito para tentar entrar no Morro da Caixa D'água, que hoje é controlado pelo ADA.


Segundo relatos, nesse fim de semana cerca de 50 homens vestidos de preto, cercaram o Morro do Fumacê, trocaram tiros com alguns bandidos que correram para o Morro da Igrejinha (CV) e Amor (CV) que fica próximo.

Estranhamente, no domingo, os Milicianos se retiraram da comunidade, deixando a mesma vazia, parecendo um tipo de armadilha para os traficantes.

Caíram fácil.

Tentaram voltar para o Fumacê, e foram expulsos novamente. Alguns correram e outros se esconderam nas casas dos moradores.

Vasculharam as casas para achar algum bandido, mas aparentemente não pegaram alguém.

Para eles é fácil saber, pois no seu grupo existem pessoas que moravam no Fumacê, mas se retiraram por não suportar as leis do tráfico.

Mas deixaram o morro vazio novamente, e dessa vez os bandidos não tentaram retornar.

Os moradores relataram que nenhum grupo está no morro, e grande parte dos traficantes foram para Mangueirinha (CV) e Rodrigues Alves (CV), onde possivelmente podem ter reforços para retornar, sem ser expulsos novamente.

Por enquanto, o Morro do Fumacê continua abandonado.

Vamos aguardar.

ADA aproveita abandono e entra no Morro da Dita em São Gonçalo

Traficantes da facção ADA entram novamente no Morro da Dita no Jóquei, em São Gonçalo.

Controlado pelo traficante Drill (preso), essa facção tinha perdido o controle do tráfico para o Comando Vermelho do Tronco e Anaia.

Mas por nenhum motivo aparente, os traficantes do CV afrouxaram o tráfico dentro da Dita, deixando praticamente abandonada.

Geralmente, os traficantes trocavam plantão com os comparsas do Morro do Tronco (CV), tática comum entre as facções do Rio de Janeiro.

ADA possuía planos para retomar o controle da Dita, onde o Drill (preso) negociaria 80% dos lucros do seu morro com os seus comparsas da Rua da Feira, Boa Vista e Jardim Miriambi, que estão espalhados pelo Rio de Janeiro.


A negociação envolvia alguns chefões do tráfico em São Gonçalo.

O principal patrocinador seria o traficante conhecido como Cabeça (preso), chefe do tráfico do Sabão (ADA) em Niterói.

Drill (preso)
Cabeça investiria dinheiro, soldados e armas, tanto para retomar a Dita para o comparsa Drill, como para retomar o Jardim Miriambi, para o comparsa conhecido como Vinte Anos, ex-dono do território, invadido e tomado pelo CV.

No entendimento dos chefões, o Drill não teria mais condições para se manter na Dita, pois não possuí dinheiro e tem poucos fuzis no seu arsenal.

O homem de ligação seria o traficante Maradona (preso), que estava tomando conta do tráfico na Dita antes de perder para o CV.

Mas parece que os planos foram adiantados.

Esperaram uma brecha, e usaram apenas soldados da Dita para retomar seu território.

O grupo foi liderado pelo traficante conhecido como Luquinhas, cria do tráfico no Morro da Dita.

Por enquanto o CV não esboçou nenhuma reação para retomar.

Vamos aguardar.

Chefe do tráfico morre na guerra pelo Chapéu-Mangueira

O Comando Vermelho sofreu uma baixa na guerra pelo Chapéu-Mangueira no Leme, na zona sul do Rio de Janeiro.

Segundo informações, houve um troca de tiros entre policiais e invasores do Comando Vermelho.

Atingiram o traficante conhecido como Americano, que se deslocou da Ladeira dos Tabajaras (CV) para ajudar os comparsas na guerra do Chapéu-Mangueira.

Existem relatos que ele morreu no hospital.

Apreendera um fuzil com ele.

O TCP no Chapéu-Mangueira tenta resistir, mas o morro está sob o controle do CV da Ladeira dos Tabajaras, com ajuda dos comparsas do Morro da Babilônia.



Principais chefes do tráfico valem R$ 30 Mil

O Portal dos Procurados aumentou a recompensa de seis principais chefes do tráfico das três facções do Rio de Janeiro.

Agora os seis tem a recompensa de R$ 30 mil reais, por informações que levem ao paradeiro dos mesmos.

Um entrou após as constantes operações na Cidade de Deus em Jacarepaguá, devido a queda do helicóptero da policia.


Deco da Cidade de Deus

Deco é irmão do Sam, chefe do tráfico na Cidade de Deus. Por meio de diversas investigações, descobriram que ele continua organizando o tráfico de drogas na comunidade, inclusive ordenando a invasões na Gardênia Azul (milicia).

Deco foi preso, mas conseguiu sua liberdade.


Pezão

Pezão está sendo procurado há anos, principalmente após a ocupação das comunidades do Complexo do Alemão (CV) em 2010.

Diversas linhas de investigação apontaram que ele estava organizando o tráfico fora do Brasil, onde geralmente os importantes do CV se deslocam quando estão procurado.

Por um tempo houve registro do seu paradeiro no Complexo do Caramujo (CV), em Niterói.

Scooby

Scooby é chefe do tráfico no Morro dos Macacos (ADA) em Vila Isabel, e desde a guerra com o São João (CV) que sua cabeça está a prêmio pelas autoridades.

Ele já se deslocou para diversas comunidades após a ocupação da UPP no Morro dos Macacos.

Participou do tráfico no Morro do 18 (ADA) em Água Santa, na Rocinha e ficou por anos escondido no Complexo da Pedreira.

Participou da invasão no Morro São José Operário, a Barão, guerreando contra o Cv e a Milícia, que dominava a comunidade.

Desde então,  continua organizando o tráfico no Morro dos Macacos, mas nunca dentro da comunidade.

Rogério 157

Já foi segurança do traficante Nem da Rocinha (ADA), e hoje assumiu o posto de número do tráfico na comunidade.

Rogério organiza as vendas de drogas, roubos e até as taxas que são impostas na comunidade.

Há meses sua liderança foi questionada entre os membros da sua própria facção, que entendia que seu cargo deveria ser colocado para outro membro da Rocinha.

Rogério negociou novas alianças dentro da sua facção ADA, com intuito de guerrear por territórios no Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo.

Milgol

Faz parte do tráfico no Complexo da Coréia (TCP) em Senador Camará, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Assim que saiu da cadeia ficou abrigado no Complexo da Maré (TCP), até que a briga interna que instalou após a morte do Batgol acabasse.

Assumiu o cargo de líder ao lado do traficante Belo ou Abençoado, por indicação do traficante Menor P (preso) líder do tráfico na Maré.

Por um momento tentou matar o Belo, que fugiu para a Ilha do Governador, e brigou com o Menor P, exigindo o comando 100% da Coréia (TCP).

Entrou em briga com o tráfico na Vila Aliança (TCP), ostentando uma rivalidade com seu comparsa Peixe (preso).

Até então vem liderando o tráfico na Coréia, mas sem muito apoio de algumas alas da facção Terceiro Comando Puro.

Da Russa ou Lobo Mau

Braço direito do traficante Marreta (preso), que ficou por anos escondido no Paraguai até ser detido pela policia local.

Da Russa é chefe do tráfico da Cachoeira Grande e da Praça Seca, liderando um exército de traficantes que são treinados para guerrilhar por comunidade.

Investe em armamento e nas guerras por territórios do Rio de Janeiro, se tornando o nome mais procurado do Rio de Janeiro.

Organizou as invasões nos morros da Chacrinha, Jordão, Fubá, Teixeiras e Cosme Damião.

Retomou o Morro do Jorge Turco e auxiliou na retomada da Proença Rosa em Barros Filho.

Seu esconderijo é sempre em acampamentos em áreas de mata das comunidades da Praça Seca.

Atualmente entrou na mídia por ser acusado de autorizar um "estupro coletivo" no Morro da Barão. Um caso que ganhou muita repercussão na mídia.

CV retoma a Caixa D'água de Belford Roxo

Comando Vermelho retomou o seu território na comunidade da Caixa D'água em Belford Roxo.

Após uma operação, que obrigou os traficantes da facção ADA recuar para a comunidade do Machado (ADA), o Cv entrou em seguida.

Cv aproveitou que os soldados do ADA, nascidos e criados na comunidade, estavam escondidos, esperando o momento certo para sair.

Mas não esperaram que o CV retornaria.

Os soldados do Cv pegaram três envolvidos com o ADA, inclusive até publicaram um vídeo que está rondando nas redes sociais.

Mais a guerra está longe do fim.

A facção ADA visualizou uma oportunidade de crescer e permanecer na Caixa D'água, até então, receberam investimentos da comunidade da Quitanda (ADA) em Costa Barros, e do poder bélico dos subordinados do traficante Samuca (preso), chefe do Complexo da Pedreira.

Do Machado (ADA), os soldados esperam o momento para retomar a Caixa D'água e expulsar novamente o CV.

Vamos aguardar


Assaltantes roubam carga de cigarro e fogem pra Quinta da Boa Vista

Hoje o clima esquentou próximo a Quinta da Boa Vista, na zona norte do Rio de Janeiro.

Um grupo de assaltantes roubaram uma caminhão de carga de cigarros, próximo a Vila Miséria, na zona norte, uma localidade que faz parte do Morro da Mangueira (CV).

Tentaram levar o motorista de refém, mas na hora os policiais da UPP da Mangueira agiram e trocaram tiros com os criminosos.

Abandonaram o caminhão e abriram fuga em direção a Quinta da Boa Vista.

Fugiram pela mata, e vários batalhões fecharam o parque e até homens do  Exército fecharam a região para fazer a busca dos assaltantes.

Até o momento não houve divulgação de mortos ou feridos.

Moradores relataram nas redes sociais o clima de tensão que ficou na Quinta da Boa Vista.

foto: www.facebook.com/InformeRJO

Policia continua ocupando a Cidade de Deus

A Policia continua ocupando a comunidade da Cidade de Deus (CV) em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro.

É uma ocupação sem tempo indeterminado.

Ontem 400 policiais realizaram um vasculhamento dentro das casas na Cidade de Deus, para buscar o Deco e sua turma.

Resultado da operação de ontem foram drogas apreendidas, 7 fuzis e 14 pessoas detidas.


Moradores denunciam que as suas casas estão sendo arrombadas, contrapartida, os policiais informaram que estão agindo dentro da lei.

Moradores relataram que o clima é de guerra na Cidade de Deus (CV), como faz tempo não tinha acontecido.

No entanto, há quem diga que os traficantes com cargo mais alto na Cidade de Deus, já se deslocaram para outras comunidades dominadas pelo Comando Vermelho.

Como sempre acontece.


Policia prende 14 na Cidade de Deus

Hoje o dia foi dedicado a reprimir o tráfico de drogas na comunidade da Cidade de Deus (CV) em Jacarepaguá, na zona oeste.

Foco foi capturar o traficante Deco, irmão do traficante Sam (preso), dono do tráfico na Cidade de Deus.

Mais de 400 policiais estavam empenhados nessa operação.

Revistaram casas, mediante autorização da justiça, e encontraram fuzis e drogas.

14 suspeitos de integrar o tráfico de drogas foram apreendidos.

Chegaram a encontrar a casa da mulher do traficante Carlinho Cocaína, que é um dos procurados na Cidade de Deus e atua no tráfico como gerente.

Chamou atenção a quantidade de móveis de luxos.

Mais operações vão desenrolar nessa semana.


Os 8 procurados da Cidade de Deus

As constantes operações na Cidade de Deus (CV) em Jacarepaguá, na zona oeste,  já possuem alvos específicos.

O portal dos procurados já lançou um cartaz dos principais alvos da policia na Cidade de Deus.

São os traficantes Deco (51 anos), irmão do Sam, um dos chefes do tráfico da Cidade de Deus, Galé, Carlinhos, Butuca, Thomé, RD, Vinicinho da Treze e Jardel.

Segundo as investigações da policia, esses são os homens responsáveis por tentar invadir a comunidade da Gardênia Azul, controlada por um grupo Miliciano.

E ainda acrescentaram que são os responsáveis por abater o helicóptero da policia, ocasionando na morte de 4 soldados.

Todos os citados já tiveram a prisão temporária decretada pela justiça.

procurados.org
As operações seguem acontecendo na Cidade de Deus.


Soldados do Arafat tomam as comunidades da Beira Rio e Citro Park em Japeri

Ofuscados pelas constantes guerras no Rio de Janeiro, a facção ADA vai construindo um verdadeiro império das drogas em Japeri.

Por lá, a guerra continua intensa contra o Comando Vermelho da área.

Quem patrocina a invasão dos territórios do CV, continua sendo o traficante Arafat, chefe do tráfico no Complexo da Pedreira (ADA) e nas comunidades de Barros Filho, na zona norte do Rio de Janeiro.

Sua função é envia armas, drogas e soldados para Engenheiro Pedreira (ADA), para que seus subordinados conclua o processo de expansão em Japeri.

Contam com ajuda de mais de 40 crias de Japeri, traficantes que optaram por entrar na facção ADA.


Traficantes que dominavam o Jorge Turco e Carobinha, auxiliam os comparsas em Japeri.

Dessa vez invadiram e expulsaram o Comando Vermelho nas comunidades da Beira Rio e Citro Park, em Japeri.

Agora somasse no cartel de comunidades do ADA em Japeri, as comunidades do Guandu, 40, Piu Piu, Ferroviário, São Jorge e agora Beira Rio e Citro Park.

Aos poucos os soldados do Comando Vermelho vão deixar de existir em Japeri, e provavelmente os reforços serão menores, pois já tomaram muitos prejuízos.

Os homens de confiança do Arafat em Japeri, são os traficantes conhecidos como Breno, Jairo Negão e Ratão. Homens que organizam o tráfico e repassam os lucros para o Rio de Janeiro.

Traficantes importantes na gestão ADA do Jorge Turco, também participam dessa guerra em Japeri, assim como o traficante Léo Hip Hop, o ex-frente do Jorge Turco assim que o WL foi detido em Costa Barros.


Traficantes do TCP exibem fuzis de grosso calibre na Cidade Alta

Já se passaram 12 dias e a comunidade da Cidade Alta continua sob domínio da facção Terceiro Comando Puro.

Mesmo nos trancos e barrancos, os subordinados do traficante Peixão, chefe da Parada de Lucas e Vigário Geral (TCP), continuam firmes e fortes comandando o tráfico na Cidade Alta.

Já começaram a tomar sufoco, e perderam soldados e fuzis em operação policial.

Os planos para colocar o TCP na Cidade Alta, foi tramado há meses, e a Parada de Lucas (TCP) não está sozinha nessa.

Segundo informações, outras comunidades do TCP repartiram a fatia do bolo em Cordovil, as principais foram as comunidades do Muquiço, Acari e Dendê, que por meio dos seus chefes, vão recolher os lucros estipulados do tráfico.

Chefão é o Peixão, seu braço direito na comunidade da Cidade Alta é o Tribolado do Muquiço, e os gerentes são os traficantes PC e DG, ambos ex-soldados da Cidade Alta.

E por enquanto, assim está organizado o Terceiro Comando Puro da Cidade Alta.

Se armam e esperam um possível retorno do Comando Vermelho, que presenciou a derrota bem de perto, recolhidos nas localidades da 5 Bocas e Pica-Pau, também em Cordovil.

A ousadia é tanta na Cidade Alta, que os bandidos começaram a expor seu poder bélico.

Possível presenciar fuzis anti-aéreos, como .30 e .50, com a capacidade de fazer um estrago gigantesco, se estourar um novo tiroteio.

Dificilmente os traficantes sabem manusear esse tipo de armamento, mas só ostentam para intimidar os rivais.


CV invade a comunidade do Chapéu-Mangueira no Leme

Parece que a convivência entre os traficantes do Morro da Babilônia (CV) e Chapéu-Mangueira (TCP) está chegando ao fim no bairro do Leme, na zona sul do Rio de Janeiro.

Nesse fim de semana os traficantes voltaram a se estranhar na divisa da comunidade.

Segundo relatos, um grupo do Babilônia (CV) resolveu e expulsar novamente os traficantes do Chapéu-Mangueira (TCP), para retomar o morro.

Foram patrocinados e apoiados pelo tráfico no Morro do Cantagalo (CV) e Pavão-Pavãozinho (CV) em Copacabana, também na zona sul.

Expulsaram rapidamente os Terceiros da comunidade, mas cerca de 30 homens tiveram que se esconder na região de mata, devido uma operação policial na comunidade.

Três foram detidos pela policia.

Vamos aguardar pra vê se realmente o CV ficará com o comando da comunidade.

As facções se estranharam pelo menos três vezes nesse ano.


Policia realiza mega operação na Cidade de Deus por conta da queda do Helicóptero

Comando Vermelho decretou o sufoco intenso na comunidade da Cidade de Deus (CV) em Jacarepaguá.

Por conta da invasão na Gardênia Azul (milicia), os bandidos estavam com a presença da policia dia e noite na comunidade.

Mas acabaram decretando dias de sufoco, pois abateram o Helicóptero policial, causando a morte de quatro policiais que estavam ocupando a aeronave.

Desde tempo a Cidade de Deus está ocupada pela policia, com as principais ruas fechadas.


Nessa madrugada houve prisões de 3 envolvidos com o tráfico, e apreensões e três fuzis e duas pistolas. Um traficante que ocupava o cargo de radinho foi detido também.

Os traficantes mais graúdos na comunidade, acabaram fugindo em direção de mata, onde os policiais dão total atenção.



Homens de diversos batalhões e o Comando de Operações Especiais, participam desse sufoco ao tráfico do Comando Vermelho na Cidade de Deus.

Vamos aguardar o resultado desse sufoco!

Apesar dos desfalques o TCP continua na Cidade Alta

Passaram os dias e o Terceiro Comando Puro continua sob controle da Cidade Alta, em Cordovil, na zona norte do Rio de Janeiro.

Não tão sossegados no comando do tráfico na comunidade.

Ontem sofreram uma baixa de 4 membros do seu grupo, numa operação do BAC na comunidade.

Um dos 4 detidos era segurança pessoal do traficante Peixão,chefe do tráfico na Parada de Lucas, Vigário Geral e agora na Cidade Alta.

Perderam dois fuzis e 3 pistolas.


E novamente foram ameaçados pelo Comando Vermelho, que enviou reforços para comunidade da 5 Bocas (CV). Reforços vindo do Complexo do Chapadão, nas partes de Anchieta e Guadalupe.

Mas não houve mais confrontos.


Aos poucos o TCP vai se estabilizando na Cidade Alta, com um novo gerente-geral, o traficante conhecido como Tribolado, pertencente ao tráfico da comunidade do Muquiço (TCP) em Guadalupe.

Nessa guerra as comunidades do Acari e Muquiço, participaram ativamente, e provavelmente terá uma fatia do bolo nos lucros da comunidade.

 Pelo visto, o CV sentiu que a parada vai ser mais dura, retomar seu território na Cidade Alta.

Vamos aguardar.

CV tentou invadir a Gardênia Azul na zona oeste

Se na Cidade Alta o Comando Vermelho está sofrendo para retomar seu território, na zona oeste estão tentando expandir.

Hoje pela manhã, bandidos da Cidade de Deus (CV) em Jacarepaguá, tentaram invadir a comunidade da Gardênia Azul, comandado por um grupo Miliciano.

Rapidamente a Policia foi acionada e operaram com apoio de um helicóptero.

Conseguiram prender 3 envolvidos com o tráfico, e um ficou ferido no confronto.

Chegaram relatos que os traficantes tentaram destruir a associação de moradores, mas o relato não foi confirmado.


Um vídeo publicado na página Jacarepaguá Noticias RJ, mostra a ação dos policiais com Helicóptero



Sem dúvidas não foram pra ficar, apenas para reconhecer o território e baquear.

Lembrando que a Milícia da Gardênia Azul tem rivalidade com a Milicia da Liga da Justiça, a maior da zona oeste.

Ao mesmo tempo, o Comando Vermelho possuí rivalidade com as duas.




Chefão da Parada de Lucas Proíbe a Venda de Crack na Cidade Alta

Mais um dia de Terceiro Comando Puro na controle do tráfico de drogas na Cidade Alta em Cordovil, e até estão estampando o nome da nova comunidade nas suas drogas que são comercializadas.

Em um novo áudio que está circulando na internet, mostra o Peixão, chefe da Parada de Lucas (TCP), dizendo como será o novo ritmo do tráfico na Cidade Alta.

Pelo teor do áudio, ele responde para alguém, avisando que não executará os "crias" da Cidade Alta que o ajudaram na invasão.

Afirmando que não usará os crias para somente tomar, e depois de descartá-lo.


Questionou como o Comando Vermelho tratava a Cidade Alta, com entulhos nas ruas e pichação em todo lugar.

Ainda no áudio, deixou a entender que agora a Cidade Alta viverá uma nova era, e principalmente sem a comercialização da pedra de crack, lucro típico do Comando Vermelho.

Algumas comunidades do Terceiro Comando Puro não usa a tática da venda de Crack.

Entre os chefões dessa facção, alguns não gostam da venda do crack, por entender que a droga destrói o ser humano e deixa a comunidade cheia de viciado, formando verdadeiras cracolândia.


Não são todos que adotam essa medida. Lembrando que nas comunidades da Coréia (TCP) e  Vila Aliança (TCP), os chefes ainda comercializam a pedra de crack.

Escuta o áudio no player abaixo:

Bandidos tacam Fogo em ônibus na região da Cidade Alta

Mesmo em guerra, mas ainda sob controle do Terceiro Comando Puro (TCP) a bandidagem continua aprontando na região da Cidade Alta em Cordovil.

Dessa vez atearam fogo em dois ônibus coletivo, usado pelos moradores.

O primeiro foi na Avenida Brasil, perto da localidade da 5 Bocas, onde ainda pertence ao Comando Vermelho.

O segundo ônibus, foi ateado fogo na entrada da localidade da 5 Bocas (CV).

Sem nenhum motivo, aparentemente, parece que foram ordens dos bandidos que estão na guerra pela comunidade.

Só não sabemos afirmar que foram o traficantes do TCP, que ordenaram que jogassem fogo na entrada da 5 Bocas, para chamar atenção da mídia e da policia.

Ou se foi uma tática do próprio Comando Vermelho, que geralmente fazem isso para chamar atenção da mídia.

Caso igual aconteceu na Vila Kennedy (CV) em Bangu, quando a mesma estava numa guerra intensa contra o Terceiro Comando Puro de Senador Camará.


Na ocasião a Vila Kennedy saiu vitoriosa, e logo em seguida instalaram uma Unidade Pacificadora.

Aparentemente nessa noite não houve algum confronto.

Os bandidos do CV querem seu território de volta, mas parece que o fôlego está acabando, diante a tanta mídia e operações.

Vamos aguardar.

TCP sobrevive no comando da Cidade Alta

Mais um dia de guerra na Cidade Alta em Cordovil, e novamente o Terceiro Comando Puro segurou os ataques do CV e ficou sob o controle.

Receberam reforços do Acari, Muquiço e Dendê, todas comunidades no mesmo objetivo colocar a bandeira dessa facção em Cordovil.

O CV voltou com muitos soldados e todos bem armados, e até conseguiram expulsar o TCP no primeiro momento.

Mas após 20 minutos, reforços subiram da Parada de Lucas (TCP) e voltaram a trocar tiros com o Comando Vermelho.

Quando iniciaram as operações, o CV recuou para 5 Bocas e Pica-Pau, e por lá ficou!

Segundo boatos dos moradores, dois envolvidos que foram com o CV, foram sequestrados e levados para Parada de Lucas.

Existem morador e bandidos de Lucas baleado no confronto.

TCP resistiu, mas ficou!

Caso se concretize a Cidade Alta como TCP, o dono e patrocinador será o traficante Peixão, chefe do tráfico na Parada de Lucas (TCP).

Seu homem de confiança será o traficante de vulgo "Tribolado", oriundo da comunidade do Muquiço (TCP) em Guadalupe, na zona norte do Rio de Janeiro.

No entanto, os traficantes do CV liderados pelo Baratão, já avisaram que após as 19:00 irão voltar e trocar tiros novamente, e decretou um toque de recolher.

E assim vivem os moradores da Cidade Alta.

Clima de tensão e guerra!

Comando Vermelho tenta retomar a Comunidade da Cidade Alta em Cordovil

Os moradores da comunidade da Cidade Alta em Cordovil, na zona norte do Rio de Janeiro, sofreram mais uma noite de um intenso tiroteio entre TCP e CV.

O Comando Vermelho planejou uma retomada rápida do seu território na Cidade Alta, e hoje foi a primeira tentativa.

Por volta das 8 horas da noite, um grupo fortemente armado entrou pela localidade da 5 Bocas, gritando o nome da facção e que era o retorno dos crias.

Foram trocando tiros com os traficantes do TCP na divisa entre a Cidade Alta e 5 Bocas.

Rapidamente a Policia foi acionada, pois o tiroteio foi extremamente intenso, com tiros de fuzis de diversos calibres.



Os moradores clamaram por ajuda nas redes sociais.

Veja o vídeo.



Por um momento o Comando Vermelho avançou até a Cidade Alta, dividindo o território com o TCP, que ficou recuado na localidade dos prédios.

Reforços foram deslocados da Parada de Lucas (TCP) para tentar assegurar o território da Cidade Alta.

Mas muitos bandidos não conseguiram entrar na guerra, pois existiam viaturas nas entradas, evitando o deslocamento de bandidos pra dentro da comunidade.

Por horas os confrontos foram somente entre TCP e CV.

Antes de virar meia noite, os tiroteios cessaram, e um caveirão foi deslocado pra dentro da comunidade.


Essa é a hora mais crítica, de saber que grupo prevaleceu dentro da comunidade.

Muitos boatos distintos apareceram, metade afirmando que o CV prevaleceu na guerra, outra metade reafirmando que o TCP continuou sob o controle da Cidade Alta.



Uma confirmação de quem ficou nessa quarta-feira intensa, só nos próximos dias.

Contudo, vamos aguardar os acontecimentos.

Chefão do TCP avisa para os soldados não abrir mão da Cidade Alta (áudio)

Após um feriado corrido na cidade do Rio de Janeiro, onde presenciamos invasões em pelo menos dois pontos, no dia seguinte, quem ficou?

Até o momento, os traficantes invasores do Terceiro Comando Puro, permanece escondido na Cidade Alta em Cordovil, na zona norte do Rio de Janeiro.

Estão empenhados em permanecer na comunidade, e pelo jeito, não vão abrir mão desses planos.

Para sintetizar esse achismo, circula um áudio nas redes sociais, onde o chefão da Parada de Lucas dá orientações para seus subordinados na Cidade Alta.


No curto áudio, é possível entender que os bandidos do TCP estão escondidos estrategicamente em setores da Cidade Alta, e estão na companhia de "crias" e ex-soldados do CV, que garante uma provável permanência, pois os "crias" conhecem muito bem a comunidade.

Ainda é possível entender que não estão sozinhos nesse combate.

Estão contando com ajudas dos comparsas de Acari (TCP) e Muquiço (TCP), além da ajuda de um número aproximado de 20 ex-soldados do Cv na Cidade Alta.

O traficante informa que tinha policia na comunidade, e que era para todos ficarem atentos, não relaxar e lutar até o fim.

Escute o áudio apertando o play abaixo:


Não sabemos qual será o fim dessa guerra na Cidade Alta em Cordovil.

Até o momento o Comando Vermelho não esboçou alguma reação para retomar a comunidade, até porquê, pode ser que a presença das autoridades inibem o avanço dos traficantes na retomada.

Se por acaso acontecer um contra-ataque, provavelmente acontecerá pelos traficantes da Nova Holanda (CV) e Parque União (CV), onde existem uma grande quantidade de soldados que fugiram da Cidade Alta no momento da invasão.

Contudo, vamos aguardar o desfecho desse acontecimento.

Deixe seu comentário sobre o conteúdo desse áudio, que provavelmente é de ontem.

CV volta pesado e assegura a Proença Rosa

Ontem o clima esquentou em Barros Filho.

A facção ADA entrou na comunidade da Proença Rosa (CV) e expulsou os traficantes do Comando Vermelho, que recuou para o Morro do Jorge Turco (CV).

Mas não demorou muito, e ontem mesmo, desceram com um bonde fortemente armado e expulsaram novamente o ADA, que correram para o Morro do Chaves (ADA) também em Barros Filho.

Nessa guerra só tem "cria" envolvido.

Bandidos que pularam do CV da Proença Rosa e Chaves, ajudando a facção ADA no Complexo da Pedreira.


No entanto, do lado do CV, também existem crias da Proença Rosa, Mundial e Chaves, participando dos tiroteios e tentando segurar o território.

Mas algo pior pode acontecer.

Os traficantes da Proença Rosa (CV) estão mirando entrar no território da Eternit (ADA) uma área lucrativa do traficante Arafat, chefão da região.

Até o momento, nessa guerra entre Morro do Chaves (ADA) x Proença Rosa (CV), as comunidades vizinhas passaram ilesas, principalmente os territórios da Joana D'arc e Eternit.

Pode parecer que não, mas as rivalidades estão estreitando na região de Barros Filho.


Nesse tiroteio, o CV quase matou um líder do tráfico na Joana Dar'c e o Gerente no Bairro 13 (B13) outro território controlado pelo Arafat.

Como resposta aos tiroteios, bondes do tráfico do Morro da Lagartixa (ADA) desceram para reforçar as fronteiras em Barros Filho.

O clima pode esquentar ainda mais na região

Retomar o Morro do Chaves (ADA) não entra em cogitação do Comando Vermelho, mas machucar o pequeno e lucrativo tráfico da Eternit (ADA) começou entrar em pauta!

Vamos aguardar.

Traficantes do CV correndo da Cidade Alta no momento da Invasão

Hoje o dia foi focado na guerra entre facções na Cidade Alta, em Cordovil, na zona norte do Rio de Janeiro.

Na verdade, não houve uma guerra em si, mas uma troca rápida de facção.

A facção do Terceiro Comando Puro da Parada de Lucas, entrou extremamente bem armados e expulso o Comando Vermelho sem acontecer um tiroteio intenso.

Rapidamente a PM apareceu na comunidade, realizaram uma operação e prenderam três traficantes do TCP, com fuzis e pistolas.

Mesmo assim, o Baratão e seu grupo, correu rapidamente para a comunidade do Parque União (CV) no Complexo da Maré, esperando o melhor momento para retomar a Cidade Alta.

Ainda não houve revide, e o TCP usou todos os "crias da Cidade Alta", para dominar rapidamente e se instalar de forma fixa na comunidade.

Dificilmente o TCP largará o osso em Cordovil.

Nas redes sociais corre o vídeo do momento que os traficantes do Comando Vermelho abriram fuga da Cidade Alta.


A invasão foi repentina!



CV tenta retomar a Caixa D'água em Belford Roxo

Nesse ritmo maluco de guerras constantes nesse feriadão, em Belford Roxo o confronto está intenso.

Os traficantes da facção ADA conseguiram permanecer no morro da Caixa D'água em Belford Roxo.

Até resistiram a pressão do Comando Vermelho, que se reagrupou na comunidade do Castelar, dominado pela mesma facção.

Mas os traficantes do ADA, numa atitude impensada, começaram a revistar casa de moradores e até agredir os mesmos, tentando buscar por informações de CV escondido na comunidade.

Sofreram repressão dos traficantes do Comando Vermelho, que trocaram tiros constantes em cima da facção ADA.

Provavelmente os traficantes do ADA vão abandonar a Caixa D'água, para se reagrupar e tentar invadir com mais força.

Por enquanto, os traficantes do ADA estão dentro da comunidade, mas estão sofrendo ataques na comunidade do Machado (ADA), também em Belford Roxo.

Vamos aguardar.


Traficantes da Cidade Alta avisam que vão retomar o território perdido

Sobre a invasão que está tirando o sossego dos moradores da Cidade Alta em Cordovil, em pleno feriado.

Desmentindo os boatos que foram levantados, onde os traficantes Torrá (dono) e Baratão (gerente) teriam trocado de facção, concluindo a entrada do Terceiro Comando Puro na Cidade Alta.

Como não foi visto na comunidade, levantaram boatos que o bandido conhecido pelo vulgo de Baratão, teria escolhido o caminho do TCP, também por conta da má fase que o tráfico na Cidade Alta vive.

Não passaram de boatos!

Ele e seu grupo que dominava a Cidade Alta, fugiram em direção ao Complexo da Maré, arrumando abrigo na comunidade do Parque União (CV).

Estão esperando a poeira baixar para retornar, provavelmente sem a presença dos invasores na comunidade.


Esse áudio está rolando nas redes sociais, onde os bandidos do CV afirma que irão retomar a Cidade Alta.

Escuta o áudio que está rolando nas redes sociais



Nele os bandidos da Cidade Alta afirmam que vão retornar, e que estão abrigado no Parque União.

O Brt citado no áudio, é abreviação do próprio traficante Baratão, chefe do tráfico na Cidade Alta.

Sobre a possível troca de facção do Torrá, os boatos ainda não foram desmentidos, haja visto que o mesmo tem motivos para tomar essa atitude.

Por enquanto, a Cidade Alta conta com a presença de policiais, garantido a segurança dos moradores e para evitar um confronto.

Segundo informações, não é possível presenciar algum bandido do TCP na Cidade Alta.

Ou se esconderam em casas, ou recuaram para Parada de Lucas.

Vamos aguardar.

ADA aproveita fraqueza e retoma a Proença Rosa

Nesse ritmo acelerado de feriadão prolongado no Rio de Janeiro, outro território foi perdido pelo Comando Vermelho.

Esse estava quase certo.

Nessa madrugada, traficantes da facção ADA do Complexo da Pedreira (ADA) atravessaram pelo Morro do Chaves (ADA) e invadiram a Proença Rosa (CV).

Receberam a informação que a comunidade estava desguarnecida, sem muita segurança e com poucos bandidos.

Entraram, trocaram tiros e expulsaram os rivais, que correram em direção ao Jorge Turco (CV) em Rocha Miranda.


Avisaram que dessa vez não foram apenas "Baquear", como das outras vezes, depois que perderam o controle da comunidade definitivamente para o CV.

No entanto, os bandidos que estão recuados no Jorge Turco (CV), já avisaram que irão retomar ainda nessa semana, e que não vão desistir de continuar controlando o tráfico na Proença Rosa e Mundial.

Guerra que está durando anos, mas com pouco importância para o CV.

é apenas questão de honra!

Vamos aguardar.

Boatos de Golpe de Estado traz o TCP para Cidade Alta

O que os bandidos da Cidade Alta (CV) temiam acabou de se concretizar.

Hoje de manhã os traficantes da Parada de Lucas (TCP) pisaram para ficar na Cidade Alta em Cordovil, bem ao lado o território deles.

Mas ao contrário da maioria das guerras no Rio de Janeiro, não houve um intenso confronto ou nada que pudesse evidenciar como uma guerra.

Houve um golpe de estado.

Ou seja, bandidos insatisfeitos com a liderança da Cidade Alta, ao invés de trocar de facção e invadir com os rivais, trocaram de bandeira já dentro da Cidade Alta.


Há tempos a Cidade Alta vivia por administrações desastrosas.

Vários frentes do tráfico foram mortos por ordens do traficante Torrá (preso) chefe da Cidade Alta.

O último que assumiu o cargo de liderança dentro da comunidade, é conhecido como Baratão.
Baratão

Inclusive já apareceu na matéria especial que a Record fez sobre os traficantes na Cidade Alta em Cordovil.

Segundo Boato, o Baratão trocou de lado e está com o TCP, mas realizou o golpe de dentro para fora.

Quem não ficou satisfeito, foi obrigado a fugir para as localidades do Pica-Pau e 5 Bocas, que ainda permanece sob domínio do Comando Vermelho.
Torrá ou Rato.

Negão ou Nego Dino, realmente tinha perdido seu status de chefe na Cidade Alta, por conta de dívidas com seu comparsa Torrá.

Já nessa ocasião, quem trabalhava pra ele ou ficou sob comando do Torrá, ou escolheu entrar para a hierarquia da 5 Bocas e Pica-Pau.

Por último, exitem fortes boatos que inclusive o próprio Torrá aceitou ir para o Terceiro Comando Puro, levando consigo todos os seus soldados da Cidade Alta, e quem aceitou ficar com ele.

Faz sentido não ter um intenso confronto por uma comunidade que era tão importante para o Comando Vermelho.


Lembrando que no passado, o próprio Torrá teve que ir para o seguro dentro da cadeia, pois o mesmo sentenciou a morte de um comparsa do traficante Fabiano Atanásio, o Fb (preso), chefe do Morro do Chapadão (CV).

Na ocasião, o Fb requisitou para os chefes do CV preso, que sentenciassem o Torrá a morte, mas não conseguiu convencer todos.

Lembrando que o Fb responde para o traficante Marcinho Pv, preso desde os anos 90, e se encontra em presídio Federal.

Resumindo, se for concretizado que inclusive o chefe maior da Cidade Alta pulou de facção, provavelmente a retomada será de outro território do Comando Vermelho.

De qualquer forma, hoje ao lado do Peixão, chefe da Parada de Lucas (TCP), existem mais de 20 soldados da Cidade Alta, e agora, segundo boatos  do próprio Baratão, um dos líderes da comunidade.

Vamos aguardar os acontecimentos!
loading...